segunda-feira, 7 de maio de 2012


Meninas Atentas!!!
Doenças das unhas.

  • Anemia: unhas quebradiças, secas, opacas, com vários sulcos transversais, formato côncavo da unha (coiloniquia), descolamento distal (onicólise).
  • Doenças cardíacas: unhas curvadas para baixo, alargadas, coloração arroxeada e pontos arroxeados.
  • Doenças renais: engrossamento das unhas, coloração amarelada ou cinzenta, linhas transversais esbranquiçadas, unha metade marrom, metade clara.
  • Doenças hepáticas: na cirrose estão presentes as chamadas “Unhas de Terry”- de cor esbranquiçada na parte proximal e coloração normal na parte distal, unha pálida, amarelada, arredondamento e aumento da unha.
  • Doenças gastrointestinais: unhas doloridas, frágeis e que se descolam da parte distal ou descamam. Presença de pontos hemorrágicos.
  • Diabetes: unhas grossas, avermelhadas e com visualização de vasos na pele. É comum a presença de micoses, engrossamento e endurecimento das pontas dos dedos.
  • Hipertireoidismo: afinamento e enfraquecimento das unhas, descolamento da parte distal e abaulamento.
  • Hipotireoidismo: unhas opacas e grossas.
  • Lúpus eritematoso: manchas brancas na unha, depressões puntiformes e descolamento da parte distal da unha. Hemorragia da cutícula.
  • Reumatismo: unhas amareladas, com sulcos transversais, lúnula (mancha esbranquiçada e semilunar presente na base da unha) avermelhada e engrossamento sob a unha.
  • Leucemia: unha quebradiça, hiperqueratose (engrossamento) ou perda total da unha.
  • AIDS: é frequente o acometimento da unha por infecções causadas por fungos, cândida, vírus e herpes e também a presença do sarcoma de Kaposi (tumor vascular) na unha.

Quais alterações das unhas devem ser observadas?
Na maioria dos casos, a presença de unhas fracas, quebradiças ou que descolam na sua parte distal ocorre por manipulação excessiva, como o uso demasiado de esmaltes, fortalecedores contendo formol, microtraumatismo em unhas (por exemplo: unhas de digitadoras).
O tratamento geralmente é simples. Podem ser usadas cápsulas de gelatina, ferro, solução fortalecedora como o casco de cavalo (que contém substâncias endurecedoras), hidratantes com ureia e silicone e banhos de silicone (que formam uma película protegendo temporariamente a lâmina ungueal).


Como é a unha normal?
A unha normal é transparente, lisa, suave, permanecendo colada ao seu leito e apresentando crescimento contínuo.
As unhas crescem, em média, 3 milimetros por mês, mas isso pode variar bastante. As unhas das mãosdemoram, em média, de 4 a 6 meses para crescer da base até a ponta; e as dos pés, de 6 a 12 meses. Asunhas dos homens crescem mais rápido do que as das mulheres (exceto na gravidez, quando as unhascrescem mais). É bom lembrar que existem variações individuais, relacionadas à raça, idade, ambiente, ocupação, etc.
Diversas alterações na cor, aparência, superfície e crescimento podem significar problemas internos.

Alguns problemas não são apenas sintomas de males internos. São questões dermetológicos que devem ser encaminhads quanto antes ao dermatologista.

unha normal

Unhas frágil: causada por sabões, detergentes ou esmaltação.

Unhas descamada: na maioria dos casos, as pequenas fratura em camadas das unhas sao causadas por uso excessivo de esmaltes.


Onicomicose: é a infecção produzida por fungos que se localiza sob o unhas.

Unha fofa: doença causada pela açao de fungos ou levuras, contraido pelo contato com terra, animais ou portadores de doenças.

unhas onduladas: é como se o "motor corporal" e a produção das unhas tivesse sido deligados por alguns instantes em decorrencia de virose, pessoas que sofreram infarte, diabéticos ou insuficiência renal.

Unha relogio: A principal causa é a falta de oxigênio, o que pode ser causado por problemas pulmonares. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário